Comparar métricas imobiliárias anuais é desafiador mesmo em tempos normais, devido à flutuação inerente no mercado, tornando as comparações muitas vezes menos significativas ou precisas. Esse desafio é amplificado quando eventos imprevistos, de grande impacto, alteram as circunstâncias.

O período dos últimos dois anos, descrito de forma adequada como ‘unicórnio’ – termo que normalmente indica algo muito desejado, mas difícil ou impossível de encontrar – transformou profundamente o setor imobiliário. 

A pandemia catapultou a demanda por residências, enquanto as pessoas procuravam a segurança e o conforto de um home office, e preferencialmente, com um quintal espaçoso.

Vimos um influxo de compradores procurando primeira ou segunda residências, impulsionados por taxas de hipoteca que atingiram mínimos históricos.

O plano de tolerância  ajudou a praticamente eliminar as execuções hipotecárias, enquanto os valores das residências atingiram níveis de valorização sem precedentes. Em suma, tínhamos um mercado que era fortemente desejado, porém difícil de alcançar. Isso é o que caracterizou um ano verdadeiramente ‘unicórnio’.

Agora, à medida que as coisas começam a retornar ao normal, os ‘unicórnios’ parecem ter galopado para longe, deixando-nos com um mercado imobiliário mais familiar e menos fantasioso.

Comparar o mercado de hoje com aqueles anos não faz sentido. Aqui estão três exemplos:

Demanda do comprador

Contrariamente ao que as manchetes possam sugerir, o mercado imobiliário ainda está ativo com compradores. Nos Estados Unidos, mais de 10.000 casas continuam a ser vendidas diariamente.

É evidente que a demanda dos compradores diminuiu em comparação com os dois anos ‘unicórnio’.

No entanto, quando olhamos para os dados fornecidos pela ShowingTime, e comparamos a atividade atual com os anos normais (2017-2019), fica claro que a atividade compradora continua robusta, como se pode ver no gráfico abaixo:

[ipt_fsqm_form id=”8″]

Preços residenciais

Seria inviável comparar o aumento dos preços das residências hoje com o que experimentamos nos dois últimos anos excepcionais.

Conforme relatório de Freddie Mac, tanto 2020 quanto 2021 registraram níveis de valorização imobiliária historicamente elevados.

A seguir, apresentamos um gráfico que inclui também anos considerados mais ‘normais’ para o mercado imobiliário, de 2017 a 2019:

É perceptível que estamos retornando a um ritmo de valorização de imóveis mais convencional.

Durante o segundo semestre de 2022, experimentamos vários meses de leve depreciação. No entanto, conforme indicado por Fannie Mae, o mercado retomou um ritmo de valorização mais tradicional no primeiro trimestre do corrente ano.

Execuções Hipotecárias

Recentemente, manchetes alarmantes destacaram aumentos percentuais nos pedidos de execução hipotecária.

Contudo, é importante observar que, inevitavelmente, esses percentuais aumentarão a partir de taxas de execução hipotecária que estavam em níveis historicamente baixos.

A seguir, apresentamos um gráfico baseado em informações fornecidas pela ATOM, uma respeitada fonte de dados imobiliários:

Com o término da moratória sobre as execuções hipotecárias, é esperado um aumento nos números em comparação com os últimos três anos.

Infelizmente, todos os anos, alguns proprietários perdem suas casas para execução hipotecária, um evento certamente doloroso para essas famílias.

No entanto, ao analisarmos os números atuais em um contexto mais amplo, podemos observar que estamos, de fato, retornando aos patamares ‘normais’ registrados entre 2017 e 2019.

Resumo

[mpc_alert preset="mpc_preset_21" disable_icon="true" icon="ti ti-face-smile" icon_color="#f8bf4d" icon_size="28" icon_background_color="#f3f3f3" icon_border_css="border-color:#f8bf4d;border-style:solid;border-radius:0px;" font_preset="mpc_preset_13" font_color="#555555" font_size="18" font_transform="uppercase" font_align="left" content_border_divider="true" content_border_css="border-top:0px;border-right:0px;border-bottom:0px;border-left:0px;border-color:#88d282;border-style:solid;border-radius:0px;" content_padding_divider="true" content_padding_css="padding-top:25px;padding-right:25px;padding-bottom:25px;padding-left:25px;" background_color="#f7f7f7" border_divider="true" border_css="border-top:5px;border-right:0px;border-bottom:0px;border-left:0px;border-color:#f8bf4d;border-style:double;border-radius:0px;" padding_divider="true" margin_divider="true" margin_css="margin-bottom:30px;" mpc_ribbon__disable="true"]Este ano, é provável que vejamos uma série de manchetes alarmantes circulando sobre o mercado imobiliário. A maior parte dessas manchetes será resultado de comparações injustas com os extraordinários anos 'unicórnio'. No entanto, é importante lembrar que o mercado imobiliário mantém sua força e relevância, e sua capacidade de se adaptar a novas condições é um indicativo de sua resiliência. Portanto, eu convido você a se conectar com o The Florida Lounge, um  de nossos especialistas que poderá ajudá-lo a entender adequadamente o panorama do mercado. Juntos, podemos manter tudo em perspectiva e explorar as muitas oportunidades que o mercado imobiliário ainda oferece.[/mpc_alert][mpc_alert preset="mpc_preset_19" icon="fa fa-dollar" icon_color="#df8384" icon_size="28" icon_background_color="#f3f3f3" icon_border_divider="true" icon_border_css="border-top:0px;border-right:0px;border-bottom:0px;border-left:5px;border-color:#df8384;border-style:solid;border-radius:0px;" icon_padding_divider="true" icon_padding_css="padding-top:25px;padding-right:25px;padding-bottom:25px;padding-left:25px;" font_preset="mpc_preset_13" font_color="#555555" font_size="18" font_transform="uppercase" font_align="left" content_border_css="border-width:0px;border-radius:0px;" content_padding_divider="true" content_padding_css="padding-top:25px;padding-right:25px;padding-bottom:25px;padding-left:25px;" enable_dismiss="true" dismiss_position="corner" dismiss_icon="eti eti_close" dismiss_icon_color="#df8384" dismiss_icon_size="22" dismiss_background="#f3f3f3" dismiss_padding_divider="true" dismiss_padding_css="padding-top:4px;padding-right:4px;padding-bottom:5px;padding-left:5px;" dismiss_margin_divider="true" dismiss_margin_css="margin-top:17px;margin-left:-17px;" hover_dismiss_color="#8c8c8c" background_color="#f7f7f7" border_css="border-width:0px;border-radius:0px;" padding_divider="true" margin_divider="true" margin_css="margin-bottom:30px;"]Para saber a previsão para taxa de cambio, clique aqui[/mpc_alert]

Ficou com dúvidas?

Agora que você entendeu que não faz sentido comparar períodos que são muito fora do padrão, os famosos unicórnios. Podemos lhe ajudar a entender o comportamento do mercado imobiliário e assim passar a  considerar investir em casas de férias em orlando. Para aproveitar todas as dicas que trouxemos para você e aprofundá-las ainda mais, você pode conversar diretamente com nossos agentes de relacionamento. Eles estão sempre dispostos a conversar com você para esclarecer dúvidas sobre investimentos na Flórida.

[mpc_button mpc_tooltip__text="SW52aXN0YSUyMG5vJTIwc2VjdG9yJTBBaW1vYmlsaWFyaW8lMjBuYSUyMEZsb3JpZGE="]
[mpc_button url="url:http%3A%2F%2Fwww2.thefloridalounge.com%2Fagentes-de-relacionamentos|||" font_color="#ffffff" title="Invista no setor imobiliario na Florida"]

Gostou do artigo? Fique de olho no nosso blog! Querendo morar ou investir em imóveis na Flórida? Veja a lista de casas a venda na Flórida que selecionamos para você!